PERFIL BIOGRÁFICO

Antonio César Silva Silva, conhecido pelo pseudônimo de César Rasec, é doutor em Letras, em Literatura e Cultura, na pós-graduação do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia (Ufba). A tese defendida foi Jorge Mautner e seus múltiplos. Ingressou no doutorado em 2012 e defendeu a tese em maio de 2016. A orientadora foi a professora doutora Antonia Torreão Herrera.
 
Concluiu em junho de 2009 o mestrado em Cultura e Sociedade, na pós-graduação da Faculdade de Comunicação da Ufba. Defendeu a dissertação A Trajetória de Vida de Luiz Caldas: Ascensão, Inflexão e Retomada. O orientador foi o professor doutor Milton Moura.
 
É graduado em Comunicação (1990), também na Ufba.
 
Tem larga experiência em Teoria da Comunicação, reportagem, edição, editoração e assessoria. Também desenvolve trabalhos com fotografia, programação visual e produção musical.

Foto: Reginaldo Ipê

Escreveu e editou o livro biográfico Jorge Mautner em Movimento e elaborou com o cantor e compositor Luiz Caldas o CD Melosofia, obra que deu origem ao show homônimo e um DVD.
 
Realiza ainda pesquisa com música (MPB e regional), estuda teoria biográfica, faz poesia e escreve letra de canção.
 
Lançou os livros Concrecoisa - Volume 1 e Concrecoisa - Volume 2.
Andanças da vida em imagens

César Rasec com Jorge Mautner e Luiz Caldas.

Entrega de uma cópia da tese Jorge Mautner e seus múltiplos, em junho de 2016, em Salvador/BA

César Rasec com Jorge Mautner, no Rio de Janeiro, em agosto de 2005. Apresentação das primeiras concrecoisas 

Luiz Caldas, César Rasec e Rogério Duarte, em setembro de 2008, em Salvador/BA, durante a gravação de uma canção do Gitagovinda de Jayadeva

César Rasec, Gilberto Gil e Luiz Caldas, em maio de 2015, em Salvador/BA, durante a gravação de Chiquinha, faixa do disco Forró daquele, de Luiz Caldas

Luiz Caldas, César Rasec e Saulo Fernandes, no camarim do Parque da Cidade, em Salvador, no show ocorrido em janeiro de 2014

César Rasec com o museólogo, designer de exposições e fotógrafo Aníbal Gondim, em junho de 2014, em Ituaçu/BA

César Rasec, Gilberto Gil e Luiz Caldas no Salão Nobre da Câmara Municipal de Salvador, em junho de 2017, antes da sessão solene de outorga do Título de Cidadã de Salvador a Flora Gil

Simone Caetano, Luiz Caldas, César Rasec e Armandinho Macêdo no lançamento do livro A Voz de Armandinho Macêdo, em dezembro de 2012

César Rasec conversa com o artista plástico Miguel Cordeiro, em 14 de agosto de 2011. O registro foi feito pelo fotógrafo Aníbal Gondim, durante almoço de sábado na Ceasa do Rio Vermelho, antes da reforma, em Salvador

Reunião do Grupo de Inteligência Política (GIP), na Ceasa do Rio Vermelho, em Salvador/BA, no dia 10 de março de 2012. Da esquerda para a direita: César Rasec, Aníbal Gondim, Pacheco Maia (jornalista), Miguel Cordeiro e Flávio Novaes (jornalista).

César Rasec com o amigo, parceiro, poeta, cantor e compositor Narlan Matos, em 2010, nos Estados Unidos, onde Narlan vive com a família. O registro foi feito na época da premiação de Luiz Caldas, que, por ter criado a Axé Music, recebeu nos EUA, em Miami, em evento no Broward Center For The Performing Arts de Fort Lauderdale, o Lifetime Achievement Award 2010, na 13ª edição anual do Brazilian Internacional Press Award.

Nós fizemos o CD Bossa Negra, que é um dos trabalhos mais importantes da minha trajetória de compositor.

© 2017 por César Rasec